Participe com a sua empresa
Está de volta o maior torneio do golfe nacional

O Expresso BPI Golf Cup começou com uma forte dinâmica logo no seu primeiro ano de vida, em 1998, mas volvidos 19 anos é um verdadeiro ícone do golfe amador português, registando participações recorde a nível nacional. Com a inscrição anual de perto de quatro centenas de equipas de empresas e mais de 1500 jogadores em todo o país, a prova é a maior competição desportiva ‘corporate’ que se realiza em Portugal.

A época de 2016 arranca no campo das Furnas no próximo dia 4 de Junho, com as Qualificações Regionais e Meias-Finais do Açores. Além deste arquipélago, e num total de 30 dias de jogo, o circuito vai passar ainda por Lisboa (Belas Clube de Campo), Norte (Estela Golf Club), Douro (Vidago Palace Golf Course), Centro (Golfe Montebelo, Viseu), Alentejo (Tróia Golf), Algarve (Onyria Palmares Beach & Golf Resort) e Madeira (Clube de Golfe do Santo da Serra).

Destino Oficial do Expresso BPI Golf Cup 2016, os Açores, mais concretamente o campo da Batalha na ilha de São Miguel, voltam depois a acolher a Final Nacional, nos dias 4 e 5 de Novembro. Já a Finalíssima, para a qual se apuram as três primeiras equipas da Final Nacional, volta a desenrolar-se, pelo quarto ano seguido, no Vidago Palace, com data marcada para 19 e 20 de Novembro. 

Participam pequenas, médias e grandes empresas (portuguesas e estrangeiras) ligadas a praticamente todas as áreas da economia e jogadores das mais variadas profissões e níveis de jogo, incluindo figuras públicas e alguns dos melhores amadores nacionais. Fazem-no pelo negócio, pelos contactos entre empresas e em prol da exposição da marca que representam em campo, mas também pela competição em si, algumas preocupando-se com a escolha das equipas e preparando-se afincadamente para chegar o mais longe possível. E também há as que jogam somente para poder usufruir do ambiente excelente e do são convívio do torneio, numa modalidade sempre especial como é a do texas scramble modificado, que a prova celebrizou em Portugal.

Cada equipa é composta por quatro jogadores e dividida em dois pares e neste formato de jogo os elementos de cada par jogam os dois a melhor bola até ao green, onde passam a jogar em shots alternados até a bola entrar no buraco. Em vigor desde 1999, esta modalidade permite que os participantes estejam mais em jogo – e isso é tão apelativo para os handicaps altos (que não têm de andar tantas vezes à procura de bolas no mato) como para os melhores jogadores (que têm sempre o birdie muito mais perto). Num desporto em que as pessoas estão habituadas a que seja cada um por si, o ‘team building’ sai desta forma reforçado.

O Expresso BPI Golf Cup divide-se em várias etapas. As Qualificações Regionais representam a primeira fase, em que participam todas as equipas, com metade (mais uma lucky loser diária) a seguir em frente para as Meias-Finais, findas as quais ficam a ser conhecidas as que competem na Final Nacional. Para estas, o apuramento é feito proporcionalmente ao número de equipas de cada região (o ano passado foram 21). Depois, a encerrar, a Finalíssima, que na última edição contou com a The Glenlivet (Douro) – que se sagraria campeã nacional de empresas –, Vinicom (Lisboa) e Visioarq (Norte).

Além da competição em si, haverá ainda eventos e acções especiais, como o ‘Drive to The Major’ da Mercedes-Benz: o jogador que, durante as Qualificações Regionais, conseguir bater no driving range o drive mais certeiro vai ao British Open de 2017, no campo de Royal Birkdale, em Inglaterra, com convite VIP da Mercedes. Aliás, a marca alemã continua a apostar no Expresso BPI Golf Cup para fazer o apuramento dos finalistas para o Mercedes Trophy: os dois melhores pares de cada dia nas Qualificações Regionais que tenham uma viatura Mercedes-Benz adquirida num Concessionário Oficial qualificam-se para a Final Nacional do circuito mundial da marca, cabendo aos três primeiros ir depois disputar a Final Mundial a Estugarda, na Alemanha.

Haverá também o Allianz Office Golf Challenge. Aproveitando o mote da campanha de promoção do Expresso BPI Golf Cup 2016, a Allianz vai recriar um ambiente de escritório em todas as clubhouses por onde a prova passar, e onde os participantes vão ser desafiados a testar a sua perícia de ‘golfe no escritório’. O vencedor diário em cada dia de Qualificações Regionais receberá da Allianz uma garrafa magnum de Quinta do Vale Meão, um dos mais premiados vinhos do Douro.  

Não esquecendo os prémios para os melhores pares gross em competição, há que mencionar ainda a tômbola de prémios, este ano recheada com material de golfe da Nike, e o excelente catering no campo, para o qual contribuem alguns “Produtos e Serviços Oficiais” do torneio, como a Carlsberg, Freixenet e The Glenlivet.

Tal como em anos anteriores, uma percentagem do valor da inscrição será entregue à SIC Esperança, (Instituição de Solidariedade Social) e aplicada em projectos de apoio social.

Ao longo das edições do Expresso BPI Golf Cup já foram distribuídos perto de 120 mil euros em prémios. Este ano a instituição seleccionada pela SIC Esperança é a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Soure, no distrito de Coimbra, num projecto que se chama “A Herdade dos Afectos” e que passa pela criação de um espaço destinado à capacitação de pais portadores de deficiência através da dinamização de várias oficinas: Oficina de Atendimento Personalizado (apoio psicossocial, acompanhamento psicológico); Oficina de Competências Parentais (recriação de atividades da vida diária, cuidados de higiene pessoal e de saúde,  alimentação, etc.); Banco do Bebé (espaço para a receção de bens doados). Pretende-se, deste modo, criar condições para que estes pais possam gozar de todos os direitos e deveres da sua parentalidade e assegurar a estabilidade do agregado familiar. O primeiro grupo de beneficiários será composto por dez progenitores com défice cognitivo e seus agregados — RODRIGO CORDOEIRO