Final Nacional Açores
Batalha apurou últimas três empresas

A Final Nacional Açores 2016 do Expresso BPI Golf Cup jogou-se sexta-feira e sábado no percurso são-micaelense do Batalha Golf Course, com a presença de 20 equipas apuradas de um total de 350 que participaram inicialmente na edição deste ano, oriundas de oito diferentes regiões do país. 

Foi a 13ª vez que a Final Nacional do também conhecido como Campeonato Nacional de Empresas se realizou naquele arquipélago, com dois dias de sol radioso num championship course exigente, bem puxadinho e com greens que são reconhecidos como muito complicados. 

Final Nacional_001_reMercedes Balsemão e João Morais Leitão (da Media Golf) ao centro com cheque solidário rodeados pelos capitães das 20 equipas / © Filipe Guerra

E foi uma dupla jornada de glória para as duas equipas da Região Centro, a preencher duas das três vagas para a Finalíssima marcada para 3 e 4 de Dezembro no Vidago Palace Golf Course, perto de Chaves, em Trás-os-Montes. 

Uma delas foi o Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel, que aliás foi a vencedora da competição; a outra, a Europcar, no terceiro degrau do pódio. No segundo lugar ficou a Segafredo Zanetti, do Douro, com os mesmos jogadores que são os campeões em título, embora o ano passado tenham alinhado pela The Glenlievet. 

As duas voltas da Final Nacional jogaram-se, como sempre, na modalidade de texas scramble modificado, mas em medal (por pancadas) e não em stableford (por pontos), contando para o agregado colectivo a soma dos dois resultados diários de cada par. 

Sendo o palco de par-72 o Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel totalizou 272 pancadas, 16 abaixo do par, com Carlos Tinoco/João Andrade (64-68) e Bruno Melo/Leonel Seixas (71-69). Era terceiro aos 18 buracos e subiram para primeiro mesmo tendo piorado no seu agregado na segunda volta (135-137). 

Final Nacional_002_reOs campeões Carlos Tinoco, Bruno Melo, Leonel Seixas e João Andrade com os troféus, e no meio Marta Isabel Vieira Guerreiro, do Governo Regional, e João Pedro Oliveira e Costa, do BPI / © Filipe Guerra

A Segafredo Zanetti, então, piorou 7 pancadas da primeira para a segunda voltas, mas manteve-se sempre na vice-liderança, e se o ano passado tinham vencido esta Final Nacional antes da glória na Finalíssima, agora foram vice-campeões com 277 (-11).

São eles José Miguel Rolim/Vítor Hugo Silva (65-71) e Luís Coelho da Silva/Eduardo Lima (70-71). 

Quanto à Europcar, fez uma recuperação notável, pois era 13ª no primeiro dia, com 146 (+2) e no segundo fez um 134 (-10) que foi o melhor score do dia, permitindo-lhes subir para o top-3 somando 280 (-8). Foi constituída por António Sanganha/Carlos Alves (75-67) e António Moutinho/Artur Ferreira (71-67). 

O top-5 ficou completo completo com as lisboetas Lopes Barata & Associados (282) e Starwash (283), esta com a mesma pontuação da Allianz mas com vantagem no desempate pelo mais baixo handicap. A Allianz, de Lisboa, foi campeã nacional de empresas em 2012 e três dos seus elementos de então estiveram este fim-de-semana na Batalha: Miguel Portela de Morais, João Oliveira e Tiago Costa, além de Miguel Amaral. 

No jantar de encerramento da Final Nacional, na noite de sábado, estiveram presentes a Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo, Marta Isabel Vieira Guerreiro, que fez na ocasião o seu primeiro discurso público oficial: o presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, José Manuel Bolieiro; João Pedro Oliveira e Costa, da Comissão Executiva do BPI; e Vítor Cruz, CEO do Grupo Bensaúde. 

Mercedes Balsemão, que jogou a competição pelo Expresso, recebeu em nome da SIC Esperança – da qual é presidente – a verba solidária que, como é da tradição, é angariada pelo torneio, através de uma percentagem da inscrição das equipas. 

No próximo sábado, no caderno “Golfe” do Expresso BPI Golf Cup, será feita a reportagem completa desta Final Nacional. A não perder!

Na fotografia de capa: Da esquerda para a direita, as equipas da Segafredo Zanetti, Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel e Europcar no fim da prova na Batalha / © Filipe Guerra