Algarve
Herói do Euro 2004 brilha em Palmares

As Qualificações Regionais do Algarve jogaram-se no último fim-de-semana em duas jornadas distintas, nos percursos Alvor-Lagos do Onyria Palmares Beach & Golf Resort, em Lagos, com 38 equipas presentes e 21 apuradas para as Meias-Finais, agendadas para 3 de Setembro. 

O BPI de João Pedro Oliveira e Costa venceu no sábado com 86 pontos. O administrador do banco formou par com Matthew Smith somando 45 pontos, e do outro lado estiveram Michael Abbott/Vitor Mah, com 41. 

BPI_Vitor Mah_Michael Abbott_Joao Oliveira Costa_Matthew SmithVitor Mah, Michael Abbott, Joao Oliveira Costa e Matthew Smith do BPI

Nesse dia, o Laboratório de Patologia Clínica Prof. Parreira, campeão nacional de empresas em 2013, somou os mesmos pontos, mas perdeu no desempate pelo mais baixo handicap colectivo. O BPI jogou com 5,5 de handicap, o Laboratório com 8,0. 

Destaque ainda para o terceiro lugar da Aviludo, com os mesmos elementos que em 2010 se sagraram campeões nacionais pela Nevada Bob’s Golf, a saber: Tomás Melo Gouveia (pai de Ricardo, o melhor golfista português da actualidade), José Rodrigues, José Ressurreição e João Paulo Pingo. 

Eram 20 equipas e metade passou à fase seguinte, mais a Lucky Loser, por sorteio, que foi a do Onyria Palmares. Com o cut a fixar-se em 80 pontos, seguiram ainda em frente, por esta ordem, a Quinta do Lago, Freixenet, Vinicom, Allianz, Nike Golf, Lopes Dias & Silva e Vista Alegre. 

Quinta do Lago e Expresso foram as duas equipas do Algarve que marcaram presença na Final Nacional Açores 2015, mas se a primeira continua na luta para repetir a façanha, já a segunda, onde pontua um dos directores-adjuntos do semanário, João Vieira Pereira, foi 11.ª e eliminada por uma pancada. 

No domingo, com 18 equipas em campo, a Norgolfe (na fotografia de abertura) venceu com os mesmos 84 pontos do Casino Vilamoura. Além do antigo “guarda-redes sem luvas” e de Rui Coelho, o CEO da empresa que representa a Nike Golf em Portugal, que marcaram 38 pontos em dupla, o quarteto contou com Pedro Silvestre e Luís Fragoso Luís, que abriram o livro com 46. 

Pelo Casino Vilamoura evoluíram António Moura/José Lopes (41) e José Valdomero/Ilídio Valério. A Associação Portuguesa de Greenkeepers foi terceira com 83, apurando-se ainda a Allianz 2, Solverde Algarve Ladies, Bushnell, Onyria Quinta da Marinha, Allianz 1 e NOS. O BPI 3 foi o Luky Loser. O cut foi mais baixo do que no sábado, fixou-se em 77.

Fotografias de Filipe Guerra / Golf Press